Differences between Canada x Brazil – #1

traffic

 

 

 

 

 

 

Since we moved to Canada I have been noticing  many things that are completely different  when compared to Brazil.   I decided to elaborate a list called  “One Thousand Things: Everything that is different in Canada”.

First I though about writing a single post, but I noticed it would become too long as almost everything in Canada is different from Brazil.  There are cultural differences, practical differences, food differences, etiquette differences and so on…

I will be wiring the topics in single posts and I will be keeping a list containing the themes, so it will be easier for the readers to look for a particular subject. The list isn’t written in any particular order.

I write a new post (topic) as soon as something  catches my attention.

#1

Ambulances in Canada arrive fast, really fast. In Brazil an ambulance can take “ages” to arrive.  It’s the same for firefighters.

Ambulances arrive fast in Canada because of these main reasons:

  1. There are laws stating that all  cars must keep the road clear as soon as a siren is listened. The driver is expected to move his car to the sides of the road and stop, making room for the emergency vehicles.  The drivers coming on the opposite direction must do the same.
  2. All drivers obey the above rule
  3. No one can driving close behind to an emergency vehicle. If the vehicle belongs to the  firefighters, the distance must be 150 meters.
  4. Mainly because people in Canada are well educated and everybody knows that essential services are what its name states: Essential. So… everyone respects them and everyone respects the law.

In Brazil drivers listen to sirens but they pretend they don’t.  Most drivers don’t care about making room for  emergency vehicles.

It’s common to see people driving “anywhere” on the road, as most don’t have painted lines helping drivers to keep driving in the proper lane. When in  Brazil the roads have painted lanes, most of the drivers don’t  care about them and they drive anywhere.

Another common thing in Brazil is to watch people driving  as close as possible to the ambulance’s rears,  in order to try  moving faster during traffic jams. They even have an expression for this “pegar vácuo”, meaning stay as close as possible to an emergency vehicle, like driving in it’s vacuum, an expression I think comes from Formula 1.  This is illegal driving, but it happens daily and no one cares.

If you have an accident in Brazil, be aware that rescue service can take  long,  specially if it is an ambulance from a public hospital. Same for firefighters: It’s common to read on the news about apartments (even in the wealthiest regions) being totally destroyed by fire because emergency vehicles took more than 40 minutes to arrive at the fire scene.

People who arrive in Canada as  tourists or Permanent Residents are pleasant surprised when they get here and notice  that in case of an emergency,  all services are fast and efficient.

Advertisements

About CeciliArchitect

World Traveler ~ Photographer ~ Social Media Specialist ~ Tourism Vancouver Certified Specialist ~ Independent Tour Manager and Events Coordinator ~ Blogger ~ Architect & Interior Designer (in my previous life)
This entry was posted in Blog and tagged , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

16 Responses to Differences between Canada x Brazil – #1

  1. Saulo says:

    Muito boa essa série. Estamos indo para Vancouver dia 11 e somos do Rio também, vamos ficar 2 anos. Na Lagoa e no Rebouças eu vejo gente pegando “vácuo” praticamente todo dia, fora carro de polícia que liga a sirene só para sair do engarrafamento, sem nenhuma emergência de verdade.

    Like

    • Welcome Saulo! Vcs vão amar a cidade! Nós morávamos aí na Lagoa e concordo com vc, a cena do “vácuo” e da polícia fugindo de engarrafamento (com o policial fumando e com o braço de fora) era constante.
      Take care porque tá faltando pouco para vcs chegarem no paraíso!
      Abs
      Cecilia

      Like

  2. Carolina says:

    O blog está ainda melhor com uma identidade!
    Adoro as dicas da dupla!!!

    Like

  3. Juju says:

    Em Curitiba, ao menos todas as vezes que eu estava dirigindo rsrs todos sempre saiam da frente pra ambulância ou bombeiro passar… pelo menos isso sempre acontecia até uns 15 ou 20 anos… de uns anos pra cá comecei a ver muita gente não dar bola pra sirene ou não sair da frente…
    o que me deixa indignada pois até onde me lembro isto é obrigatorio!
    Acho que no Brasil as sirenes deveriam ser mais altas e tbem os caminhões maiores como os daqui, queria ver o cara não sair da frente! rs

    Like

    • Oi Juju!
      Eu me lembro que quando fiz faculdade, o parâmetro positivo para tudo (urbanismo, transportes públicos, etc) era sempre Curitiba, a cidade mais desenvolvida do Brasil. Todos os anúncios de televisão / campanhas de marketing, etc eram sempre testados primeiro lá. Eu fiquei encantada quando visitei, mas isso foi há “100 anos” atrás!

      Obrigada pela visita aqui no Blog e pelo comentário! Ler comentários sempre me motiva a escrever mais! 🙂

      Vou visitar seu blog agora! 🙂

      🙂

      Like

      • Juju says:

        Ah é verdade, os comentários são sempre animadores, eu se ninguem comenta meu blog eu acho que ninguem lê rsrsrs
        Abração!

        Like

      • Xi… eu estou em falta de fazer uma visita. Tenho estado “egoísta” rsrs
        É que a gente acabou de fazer uma viagem relativamente grande e eu tenho andado atolada colocando “tag” nas fotos e escrevendo no blog (na parte “travel” onde escrevo em inglês)
        Assim que eu colocar essas coisas em dia passarei no seu blog para “tomar um café” rsrsrs e dar uns pitacos! 🙂
        Bjjjjs

        Like

  4. Wilma says:

    Adorei a séria 1000 coisas! venho acompanhar. Aqui também ouvi alguém reclamando de “pseudo-personalidade” que quer atravessar a Ponte Rio Niteroi em 5 minutos, usando sirenes, e por isso também a coisa fica menos levada a sério.

    Like

  5. Dri Pereira says:

    Ameiiiii a história das Dicas!
    Apesar de achar que não vou encontrar uma maneira de “me mudar” para o Canadá, é ótimo saber que em alguns lugares do mundo as coisas “fluem”.

    Like

    • Oi Dri!
      VEM SIM, o Canadá é maravilhoso!! Aplique para Permanent Resident ou venha para estudar! Caso você tenha oferta de emprego há ainda o visto de trabalho temporário.
      Que bom que está gostando da série “Mil Coisas” !
      Obrigada pela visita e pelo comment! Volte sempre! 🙂

      Like

  6. De volta ao canada says:

    Impressioanante que no Brasil-iu-iu ja estao utilizando desse costume. Pelo menos nos metros de SP quando eu Morava la comecei a ver acredita???
    Muuito legal seu mil coisas

    Like

  7. Kaio says:

    Bom dia!
    Sou novo leitor por aqui, moro em Blumenau SC, apesar de ser uma cidade bonita e com traços europeus nao deixa de ser brasil né, ta no sangue do brasileiro tentar tirar proveito de qqr situação.
    Estou a um ponto de nao aguentar mais ficar por aqui… talvez seja inconformismo meu.

    Estou aguardando algumas entradas de grana ai pra vazar daqui! urgente!

    mto bom o blog!

    Like

    • Olá Kaio,

      Obrigada pela visita ao Blog! Vaza sim…. rsrssr… a qualidade de vida é OUTRA coisa! 🙂
      Vc pode emigrar pelo programa de Permanent Resident (demora mas um dia acontece rsrs), ou por uma oferta de trabalho (mais difícil mas não impossível, vale ficar de olho nas search engines de jobs) ou ainda como estudante (além das universidades há os “Community Colleges” que sempre têm preços mais brandos.

      Boa sorte e mantenha o foco, vale a pena! 🙂

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s